terça-feira, 22 de julho de 2014

Uma direção.


Existe um sentido
Uma bússola
Um pólo norte
Uma direção.

É preciso florir
Mesmo estando seco
É preciso sorrir
Mesmo estando sério

Existe um sentido
Uma direção
É preciso seguir
Mesmo que na contramão

É preciso acreditar
Mesmo não tendo fé
É preciso amar
Mesmo sem o coração.

Autor: Gilberto Fernandes Teixeira

domingo, 20 de julho de 2014

Voltei!


Eu voltei...
Resolvi sair das sombras
Embora meu coração ainda permaneça no escuro
Meus medos ainda estão saindo pela janela

Não tinha mais poesia
Ela me deu um tempo
Foi passear por outros corações
A poesia não tem morada fixa

A minha Metalurgia é um circo
Sua lona e seu picadeiro se desmontam
Quase me vi tombando
Quase fechei meus lábios

Mas voltei...
Não sei por quanto tempo
Não sei por que motivo
Talvez porque uma flor me fez feliz.


Autor:  Gilberto Fernandes Teixeira

terça-feira, 8 de julho de 2014