quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Refexão


Sente aqui ..
“Não tenha tanta pressa senta aqui”
Veja estes sinais de fumaça
É a tarde se pondo...

Momentos de pura reflexão
Nada além de uma fiel amizade
Com ângulos congruentes no horizonte
Nostalgia e sonhos.

Não posso parar o tempo
Nem posso assoprar as nuvens
Tão pouco o balanço das águas
Só posso fintar o infinto.

E ver quão pequena é nossa existência.
Então vamos curtir a brisa
O vento que nos alisa
E deixar levar as saudades...

Autor: Gilberto Ferandes teixeira

Um comentário:

  1. Sabe o que senti ao ler este poema... um coração transbordando paixão.
    Amei!

    ResponderExcluir